Sex18042014

Última AtualizaçãoQui, 17 Abr 2014 5pm

"Um grama de ação vale mais do que uma tonelada de teoria." (Friedrich Engels)

Curso de Inglês
Nota de Votação

 

A Diretoria Executiva do Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Ceará (SINPOF-CE) vem, através desta nota, expor o resultado da votação proposta em conformidade com as medidas deliberadas na Assembleia Geral Extraordinária (AGE) do dia 10/04/2014 expostas a seguir com a sua respectiva quantidade de votos:

  1. Sim, sou favorável que o SINPOF/CE adote o Calendário de Mobilização proposto pela FENAPEF e me comprometo a cumpri-lo. - 3 (Três) Votos Válidos
  2. Sim, sou favorável que o SINPOF/CE adote o Calendário de Mobilização proposto pela FENAPEF e que aplique a Cartilha como instrumento legal para ação de mobilização dos agentes, escrivães e papiloscopistas, o qual me comprometo a cumpri-lo. – 35 (Trinta e cinco) Votos Válidos.
  3. Não sou favorável que o SINPOF/CE adote o calendário de mobilização proposto pela FENAPEF. – 5 (Cinco) Votos Válidos.
  4. Não sou favorável que o SINPOF/CE adote o calendário de mobilizaçãoproposto pela FENAPEF e quero que seja convocada uma AGE para definir qual a melhor estratégia a ser adotada pelos sindicalizados do Ceará na luta pela Reestruturação. – 66 (Sessenta e seis) Votos.


Tal plebiscito contou com quatro alternativas possíveis.

No total foram contados 109 (cento e nove) votos válidos, sendo 14 (quatorze) votos oriundos de Juazeiro do Norte, e 4 (quatro) votos nulos. Dois votos foram anulados pelo votante ser aposentado e dois foram anulados pela escolha simultânea de opções contraditórias.

Atenciosamente,

A DIRETORIA.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO/005/2014/SINPOF/CE

 

 

 

O Presidente do SINDICATO DOS POLICIAIS FEDERAIS

NO ESTADO DO CEARÁ – SINPOF, no uso de suas

atribuições legais, convoca os filiados para uma Assembleia

Geral Extraordinária a ser realizada no dia 10/04/2014, às

17h30min, em primeira convocação, e às 18h, em segunda

convocação, na Sede do SINPOF – CE, para a discussão e a

deliberação sobre as seguintes pautas:

I. CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO DA FENAPEF;

II. PROPOSTAS DO SINPOF-CE PARA A DEFINIÇÃO

DAS ESTRATÉGIAS DE MOBILIZAÇÃO A SEREM

ENCAMINHADAS PARA A FENAPEF;

III. INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE

NEGOCIAÇÃO CONDUZIDO PELA FENAPEF

JUNTO AO GOVERNO FEDERAL;

IV. OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE DA

CATEGORIA.

 

Fortaleza, 08 de abril de 2014.

A Diretoria.

Rua Treze de abril, 270 – CEP 60.416-230 – FoneFax: 85-3033.8751 – CGC: 35.076.637/0001-46 – Fortaleza - Ceará

 

 

 

NOTA AOS SINDICALIZADOS

    Neste momento em que empenhamos nossa força de...

Convênio com CLEC

Convênio com CLEC

 

SINPO-CE fechou uma parceria com o   CLEC (CETRO DE...

Convênio Posto Cariri e Posto Urbano

Convênio Posto Cariri e Posto Urbano

     Os Sindicalizados de Juazeiro do Norte - Ce int...

Convênio com  Posto Xpetro -  Ipiranga

Convênio com Posto Xpetro - Ipiranga

 

 

Se você se interessou pelas vantagens do convêni...

Back Home Notícias do Sindicato Adicional de fronteira está em fase final

Sindicato dos Policiais Federais do Ceará

Adicional de fronteira está em fase final

reuniãoO ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, recebeu em seu gabinete na noite desta quinta-feira, dia 1º de março, representantes da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), do Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita)  e da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). A reunião, que durou cerca de duas horas, discutiu questões relativas ao adicional de fronteira. A implantação do benefício tem por objetivo estimular a ida e a permanência dos servidores que atuam nesses locais.

O ministro Eduardo Cardozo destacou que a proposta que criará o adicional remuneratório para os servidores que atuam em áreas fronteiriças está em fase final de construção e deverá vir sob a forma de função, denominada “função de fronteira”. A proposta, que será encaminhada por meio de Medida Provisória, já foi analisada pelos Ministérios da Fazenda e da Justiça, estando atualmente no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, para posterior apreciação da Casa Civil da Presidência da República.

Conforme Eduardo Cardozo, apenas fará jus ao recebimento da chamada “função de fronteira” os servidores lotados em unidades dentro de uma faixa de até 150 km de distância da linha de fronteira. O ministro da Justiça tranquilizou os representantes sindicais informando que a própria presidente Dilma Rousseff está preocupada em solucionar os problemas das fronteiras e que um dos pontos primordiais seria o incentivo à fixação dos servidores nestes locais. Ele informou que o ano de 2012 será um ano de estruturação do Plano Nacional de Fronteiras e que já existe dotação orçamentária com previsão de recursos que assegurem tal estruturação.

A Federação está trabalhando para aprimporar o texto. O objetivo é estender o benefício para policiais federais lotados em áreas de difícil provimento. "Delegacias do interior da Amazônia, por exemplo, ficarão de fora por força do critério dos 150 km'', diz o diretor de Relações do Trabalho, Francisco Sabino.

As entidades sindicais destacaram, no entanto, que existe um cronograma de mobilização conjunto das categorias em prol das fronteiras brasileiras e da segurança dos servidores que atuam nesses locais e que, se não sair nada de concreto até o dia 29 de março, haverá uma mobilização das três entidades. Segundo o diretor de Seguridade Social da Fenapef, Naziazeno Florentino dos Santos Junior (Filé)  o “Dia Nacional de Mobilização em Defesa dos Órgãos de Fronteira” tem o objetivo de dar publicidade aos problemas enfrentados pelos servidores na fronteira. "A implantação será um avanço importante para todos os servidores que atuam nas fronteiras do país", diz Filé.

O diretor de relações do Trabalho da Federação, Francisco Sabino, entregou um dossiê sobre a situação das unidades da Polícia Federal nas fronteiras diretamente ao ministro. Sabino sugeriu ao ministro que visite as unidades da PF para ver de perto a situação das fronteiras. "O ministro assegurou que a partir de julho irá montar um calendário de visitas às unidades". O ministro ressaltou também a importância da contribuição da Fenapef.

Representando a FenaPRF estavam presentes o presidente, Pedro Cavalcanti, os diretores do Departamento Jurídico, Jorge Falcão e Jailton Tristão, o diretor Parlamentar, Tácio Silveira, e o diretor Financeiro, Deolindo Carniel. Pelo Sindireceita participou o diretor Thales Freitas

Reunião durou mais de 2 horas Foto oficial

Fonte: Agência Fenapef

Compartilha

Notícias da Imprensa

CONFIGURAÇAO

Sindilegis contesta devolução de valores salariais acima do teto constitucional

Terça, 22 Outubro 2013  |  Mércia Araújo
O Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis) ingressou com Mandado de Segurança preventivo (MS 32478) no Supremo Tribunal Federal (STF) no qual pede liminar para evitar eventual desconto em folha salarial dos valores recebidos acima do teto constitucional. O relator é o ministro Dias Toffoli. O Mandado de Segurança foi impetrado contra o Tri...

Leia mais...

Greve dos bancários

Sexta, 11 Outubro 2013  |  Mércia Araújo

Está prevista para as 17 horas desta sexta-feira, 11, a assembleia no Sindicato dos Bancários do Ceará para  apreciação da proposta  da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), na sede do órgão.

De acordo com o diretor executivo do sindicato, Ribamar Pacheco, a  situação no Estado está indefinida . "Cada assembleia é autônoma. Estamos nesse momento fazendo uma avaliação de cenários", esclareceu, sobre ...

Leia mais...

Artigos Anteriores

Av. 13 de abril, 270 - Vila União - Fortaleza - Ceará - Brasil # CEP 60416-230
Fixo (85) 3033-8751 # TIM (085) 9920-0299 # OI (085) 8549-6812 # FAX (85) 3033-8753 
http://www.sinpof-ce.com.br  #   secretaria@sinpof-ce.com.br

Horário de Funcionamento:
Segunda a Sexta
das 08:30 às 12:00 e 13:00 às 17:30