Destaques

Grid List

Camilo Santana e Delci Teixeira não estão se entendendo na gestão da Segurança Pública


A crise institucional que se abateu sobre a pasta da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará teve mais um capítulo nesta segunda-feira (23). O secretário executivo da instituição, Odécio Carneiro, foi exonerado do cargo por determinação do governador do Estado, Camilo Santana (PT). E o pior, segundo informações que já estão circulando em diversos veículos de comunicação da Capital, a demissão de Carneiro ocorreu porque ele teria descoberto fraudes em contratos que a SSPDS teria firmado no governo anterior, de Cid Gomes, cujos valores chegam a cerca de R$ 23 milhões.

O desgaste do governador Camilo Santana com o atual secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal Delci Teixeira, foi revelado aqui pelo blogdofernandoribeiro.com.br desde a semana passada. Na última sexta-feira (20), um encontro entre Camilo e Delci no Palácio da Abolição ocorreu de forma tensa. O secretário teria reclamado do governador sobre a falta de autonomia no cargo, além de criticar severamente a nomeação de pessoas para sua equipe sem que ela tenha sido sequer consultado. Também fez críticas duras ao sistema de administração da SSPDS no combate ao crime, ao mesmo tempo em que vem sendo cobrado por Camilo para reduzir os números catastróficos de homicídios no Ceará.

No fim de semana passado, a alta criminalidade voltou a causar mais desgaste ao secretário. Pelo menos, três casos de latrocínios (roubos seguidos de morte) ocorreram na Grande Fortaleza. Um oficial do Exército, uma socialite e um bacharel em Direito foram assassinados durante assaltos.

A insatisfação de Camilo Santana com o secretário da Segurança Pública ficou mais evidente logo após o Carnaval, depois que a própria Pasta divulgou a ocorrência de dezenas de assassinatos no Estado, números que foram questionados pelo blog. Enquanto a SSPDS informou terem ocorridos 76 assassinatos, o blog mostrou categoricamente a ocorrência de 90, sendo 50 somente no Interior.


Exonerado


Segundo informações do portal Cearanews7, a exoneração do secretário-executivo Odécio Carneiro é resultado de uma crise interna na SPPDS, uma das pastas de maior atenção do governo do Estado. Ao revelar o desvio milionário na Pasta, Odécio Carneiro teria desagradado Camilo Santana.

Após tomar conhecimento da demissão de seu auxiliar, e já incomodado com a falta de autonomia para gerir o órgão, Delci Teixeira também chegou a entregar o cargo, mas voltou atrás após uma reunião com o chefe de gabinete do Abolição, Élcio Batista.

Existe, ainda,a informação de que também concorreu para a demissão de Odécio Carneiro o fato de ele ser pastor evangélico, o que agravaria ainda mais a crise.


Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Já está marcada para hoje (25) sessão do Congresso Nacional para análise de vetos presidenciais e emendas ao Orçamento 2014. A reunião está prevista para iniciar as 15 horas no Plenário Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados.

Está ainda na pauta da sessão o PLN 5/14, que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 para excetuar cumprimento de prazos preestabelecidos num aumento salarial para os agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal e os peritos federais agrários.

O reajuste foi concedido pela MP 650/14 aprovada pelo Congresso e transformada na Lei 13.034, de 28 de novembro 2014.


Hoje (quarta-feira, dia 03), os servidores da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Ministério do Trabalho e do Ministério da Agricultura vão unir forças numa Mobilização Nacional para exigir a regulamentação e a implementação imediata da Indenização de Fronteira, criada pela Lei nº 12.855 de 2013.


O dia 3 de setembro marca exatamente um ano da publicação da Lei nº 12.855 no Diário Oficial da União (DOU) e desde esta data os servidores aguardam a regulamentação e o início do pagamento da Indenização de Fronteira.

Cansados de promessas não cumpridas, os servidores vão fazer atos em várias cidades do País. No Paraná, em Foz do Iguaçu, a concentração vai ser na Ponte da Amizade. Já em Santa Catarina, as mobilizações vão ocorrer nas cidades de Chapecó e Dionísio.

No Mato Grosso do Sul, as manifestações serão realizadas nos municípios de Dourados e Ponta Porã, no período da manhã. A concentração será no Posto de Fiscalização da Polícia Rodoviária Federal. À tarde, a mobilização será em Corumbá. No Rio Grande do Sul, haverá mobilização nas cidades de Rio Grande, Uruguaiana e Jaguarão.

A indenização é um instrumento essencial para a efetivação do Plano Estratégico de Fronteiras da Presidência da República, que visa ampliar a presença do Estado nessa faixa do território e tornar mais efetivo o combate a crimes como contrabando, descaminho, pirataria, tráfico de drogas, armas e munições que alimentam o crime organizado em todo o País. Será pago R$ 91,00 por dia trabalhado na região de fronteira, proporcionalmente à jornada de trabalho de cada categoria contemplada e não será cumulativo com outros adicionais. Em caso de o servidor receber dois adicionais, receberá apenas o de maior valor.

A regulamentação e implantação da Indenização de Fronteira, prevista na Lei nº 12.855/2013, será um incentivo para os servidores da Polícia Federal, da Receita Federal do Brasil e da Polícia Rodoviária Federal permanecerem em localidades limítrofes à outros países, trabalhando para garantir a segurança de toda a sociedade brasileira.

A Mobilização Nacional Conjunta é uma iniciativa das diretorias do Sindireceita (Sindicato Nacional dos Analistas -Tributários da Receita Federal do Brasil); FENAPEF (Federação Nacional dos Policiais Federais); FENAPRF (Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais); Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil); ADPF (Associação dos Delegados da Polícia Federal) e SINPECPF (Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal).

Fonte: Agência Fenapef

Fortaleza/CE: A Polícia Federal prendeu nessa segunda-feira (25) um homem, brasileiro, condenado pela 12ª Vara Criminal da Justiça Federal do Ceará, quando tentava tirar passaporte.

Fortaleza/CE – A Força-Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou nesta quinta-feira, 23/06, a Operação Ciranda com o objetivo de desarticular uma quadrilha que fraudava benefícios previdenciários e realizava contratação e suspensão indevida de empréstimos consignados.

Fortaleza/CE: A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 16/6, a Operação Alanis com o objetivo de reprimir crimes de divulgação de pornografia infantil na internet , nesta capital.

O Sindicato dos Policiais Federais firmou convênio com a Barbearia VIP, ofertando aos sindicalizados o desconto de 20% do valor tabelado em loja de todos os serviços prestados pela Barbearia VIP.

SINPOF-CE firma parceria com o COLÉGIO FARIAS BRITO, objetivando a concessão de descontos, para todos sindicalizados e dependentes até 2º grau, no percentual e sedes indicadas na tabela abaixo, sendo certo que os descontos não serão retroativos, os mesmos apenas serão aplicados após e a partir da apresentação da declaração que comprove o vínculo com o SINPOF-CE na secretaria do Colégio Farias Brito.

BEXS Corretora de Câmbio oferece aos sindicalizados do SINPOF-CE, acesso aos serviços de compra e venda de moeda estrangeira (cédulas novas, sem risco de falsificações) com taxas diferenciadas; Delivery (mediante consulta) feito por profissionais especializados e cartão de viagem Bexs Multimoedas.

Atualização do Twitter

SINPOFCE Diretoria Comunica afastamento do presidente para disputa cargo eletivo. https://t.co/HCyp0k37sY
Quinta, 21 Julho 2016 00:58
SINPOFCE Policia Federal no Ceará deflagra operação "Alanis" no Estado https://t.co/xRmFipzR80
Quinta, 16 Junho 2016 20:12
SINPOFCE POLICIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO CAIXA PRETA https://t.co/lNykOIwbFN
Sexta, 03 Junho 2016 02:02